Postura corporal: pequenas correções podem trazer melhorias não apenas no seu trabalho, mas na sua qualidade de vida.

Postura corporal: pequenas correções podem trazer melhorias não apenas no seu trabalho, mas na sua qualidade de vida. No dia a dia, ficamos tão atribulados com as tarefas e com os prazos das demandas que esquecemos que precisamos demandar um pouco de atenção para nós mesmos. Isso envolve um policiamento quanto às nossas posturas. 

De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em 2017, a lombalgia foi o principal motivo de afastamentos do trabalho. Foram mais de 80 mil casos no Brasil. Essa doença causa dores fortes nas costas, podendo atingir até a região da coxa. Além de fatores como tabagismo e envelhecimento, o estresse e a carga pesada do trabalho também acarretam na doença. É a chamada lombalgia ocupacional. 

Como solução a esta problemática, especialistas sugerem o conceito de consciência corporal. O nome é autoexplicativo: é sobre conhecer o próprio corpo e identificar cada um dos movimentos. Existe um senso comum de que postura corporal envolve apenas a forma como nos portamos ao sentar ou ficar de pé. No entanto, uma postura ruim desequilibra todo o corpo. 

Por isso, é tão importante criarmos uma consciência sobre nosso comportamento corporal no local onde passamos a maior parte do dia: nosso trabalho. Geralmente, ficamos a todo tempo sentados em frente a um computador. Isso pode gerar alguns vícios e costumes que prejudicam a saúde das nossas vértebras. Porém, não é difícil se cuidar. Pequenas ações durante o expediente podem ajudar a reverter este quadro. 

 

Postura corporal, dica 1 – Coluna reta

Como o seu corpo está despojado enquanto você lê este artigo? Então, já aproveite para corrigir a postura neste exato momento! Quando estamos sentados em frente ao computador, costumamos inclinar o nosso tronco para frente, de forma a deixar o corpo em “modo de descanso”, como se estivéssemos ameaçando deitar. 

O modo mais recomendado é sentar com a coluna ereta. Assim, você ficará com as costas encostadas na cadeira e os dois pés colados ao chão. Com isso, você evita sobrecarga da região lombar e distribui o peso de forma proporcional entre todo o corpo. Lembre-se que é nesta posição que você ficará durante, pelo menos, oito horas. 

 

Postura corporal, dica 2 – Exercícios

Engana-se quem acha que aquecimento é só para quem lida com carregamento de peso. Com as pernas paradas, as mãos em constante movimento e os punhos debruçados sobre uma mesa de madeira, precisamos de exercícios que melhorem a circulação de sangue nesses membros. O recomendado é que, de 30 em 30 minutos, levantemos e andemos para movimentar as pernas e tirar os braços da mesmíssima posição. 

No entanto, em dias com demandas intensas, parar para movimentar o corpo pode ser difícil. Pensando nisso, em 2015, a BBC publicou um artigo com dicas de exercícios simples, que podem ser feitos sentados. Eles melhoram a disposição das pernas e ajudam a combater os efeitos de permanecer muito tempo sentado. Para acessar, basta clicar AQUI

 

Postura corporal, dica 3 – A posição dos objetos

A forma com que o computador e a cadeira estão dispostas em relação à mesa fazem toda diferença para a nossa postura corporal. A cadeira estará na altura ideal para você quando seu antebraço estiver apoiado sobre a mesa. 

Já o notebook, precisa estar em uma altura em que seus olhos se direcionem automaticamente para o meio do dispositivo. Caso ele esteja mais alto ou mais baixo, você precisará mover o pescoço para enxergar o tela, o que é prejudicial. O teclado precisa estar a uma distância que faça com que seus braços não fiquem encolhidos ao alcançar as teclas. 

 

Postura corporal, dica 4 – Cuidados básicos

Mesmo que a postura corporal no ambiente de trabalho seja a que a gente mais negligencie, nossa coluna também pede cuidados que podem ser realizados dentro de casa. 

Nada contribui mais para uma boa postura corporal como uma noite de sono bem dormida. Evite dormir de bruços. A forma mais recomendada é deitar de lado com um travesseiro entre os joelhos, além de um para apoiar a cabeça. Isso garante um alinhamento da coluna. 

Busque também realizar refeições equilibradas. Além de manter um peso ideal, o que evita a sobrecarga da coluna, você contribui para a nutrição dos ossos e das articulações do seu corpo.  

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube