Wi-Fi 6: a nova geração da rede sem fio já é uma realidade!

Wi-Fi 6: a nova geração da rede sem fio já é uma realidade! Que os celulares evoluem e estão recebendo updates frequentemente não é nenhuma novidade. Mas você sabia que isso também acontece com o Wi-Fi? A rede sempre evoluiu de acordo com a demanda e o avanço nas pesquisas na área. Agora, os dispositivos já se preparam para receber o novo sucessor da rede sem fio: o Wi-Fi 6. Nesse artigo, você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre a novidade. Acompanhe!  

 

Wi-Fi 6: entenda a novidade

O mesmo objetivo com muito mais eficácia: essa seria a definição perfeita para o Wi-Fi 6. A sexta geração da rede sem fio, cujo nome “científico” é 802.11ax, nada mais é que a busca por uma conexão ainda melhor dos dispositivos. O novo padrão chega ao mercado para o suceder o 802.11ac (sim, o Wi-Fi 5), protocolado em 2012. 

A oficialização do Wi-Fi 6 veio em setembro deste ano através da Wi-Fi Alliance. Essa empresa é a principal referência em pesquisa e implementação da rede Wireless e é a responsável por desenvolver e padronizar as redes sem fio. Fundada há 20 anos, a corporação também foi a responsável pela chegada da tecnologia de internet sem fio no Brasil. Segundo comunicado publicado pela companhia, o Wi-Fi 6 marca a evolução da conexão sem fio. 

 

Wi-Fi 6: quais as principais vantagens?

A principal vantagem do Wi-Fi 6 é o aumento da velocidade. Com números até quatro vezes superior ao Wi-Fi 5, a nova conexão sem fio pode chegar até a 10,53 Gbps na banda de 5 GHz de frequência. Isso representa também um aumento proporcional de velocidade com mais dispositivos conectados simultaneamente. Vale lembrar que estes números são projeções máximas, o que não quer dizer que vá alcançar estes valores nos dispositivos que entram em nossas casas. 

Como mencionamos acima, o Wi-Fi 6 oferece maior velocidade proporcional para os aparelhos ligados à rede, o que nos leva à segunda vantagem: o aumento de dispositivos conectados. A sexta geração foi pensada para abrigar ainda mais equipamentos, afinal, há tempos que a relação aparelhos x moradores de uma casa deixou de ser proporcional. A expectativa é que a nova rede sem fio acumule até oito dispositivos online simultaneamente sem perder a velocidade. Isso será possível graças à MU-MIMO, um sistema que permite maior taxa de transmissão de dados. 

O Wi-Fi 6 também recebeu muitos reforços em questão de segurança. O principal deles é a criptografia WPA3. Lançado no ano passado, o protocolo oferece maior proteção de dados em redes públicas, reforça o handshake processo de “reconhecimento” entre duas máquinas e dificulta a ação de ataques de hackers. A medida é uma resposta da Wi-Fi Alliance às recentes invasões globais a roteadores

Por fim, o Wi-Fi 6 busca economizar a sua energia. Essa funcionalidade é fruto do recurso Target Wake Time (TWT). Funciona quase como um “despertador” de envio de dados. Ela permitirá que o roteador programe um horário para verificar os status dos dispositivos. Caso o aparelho se encontre inativo, o sinal de Wi-Fi será reduzido, o que diminuirá o gasto da sua bateria e ainda poupará a rede. 

 

Wi-Fi 6: já está à disposição? 

Apesar de a protocolização ter sido recente, já existem no mercado alguns dispositivos que oferecem o Wi-Fi 6. Para que o aparelho receba esta tecnologia, há determinados hardwares que precisam ser implementados na fabricação dos produtos. Ainda não se tem informações oficiais dos roteadores que já adotaram a nova geração, mas especula-se que os modelos mais recentes trarão a novidade. Já nos smartphones, o Galaxy S10, da Samsung, e os novos iPhones, da Apple, já estão equiparados para a nova geração de rede sem fio. 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube