YouTube Live: as transmissões ao vivo na plataforma se tornaram grandes aliadas no período de isolamento voluntário. Acompanhe neste artigo o histórico da ferramenta e entenda como ela transformou o Brasil em um recordista!

YouTube Live: as transmissões ao vivo na plataforma se tornaram grandes aliadas no período de isolamento voluntário. Apesar de a iniciativa ter atingido um pico de popularidade nesse momento, esse tipo de conteúdo já é comum há muito tempo. Acompanhe neste artigo o histórico da ferramenta e entenda como ela transformou o Brasil em um recordista! 

 

YouTube Live: histórico

A primeira transmissão ao vivo do YouTube data de 2008. O primeiro YouTube Live recebeu Akon e Katy Perry. No Brasil, a primeira ação desse tipo ocorreu em 2010 com artistas da música sertaneja. Nomes como Luan Santana e Bruno & Marrone realizaram apresentações exclusivas que foram transmitidas em tempo real pela plataforma. 

Apesar do sucesso das primeiras transmissões, o foco para este tipo de iniciativa ficou para o Hangouts On Air, funcionalidade do Google. No entanto, quando a plataforma foi descontinuada, em 2016, o YouTube Live voltou a ganhar a atenção da multinacional. Todas as lives já agendadas neste aplicativo foram migradas para o YouTube e as já gravadas também foram exportadas para o site de vídeos. 

 

YouTube Live: Brasil detém o recorde atual

Com o cancelamento de espetáculos de música e a necessidade de criar entretenimento para manter a população em casa, cantores de diversos segmentos estão realizando shows ao vivo através do YouTube Live. Um dos primeiros a apostar na empreitada foi o Gusttavo Lima, dono de um canal com 13 milhões de inscritos. 

Com a primeira live, realizada no final de março, o cantor superou o recorde mundial que, até então, pertencia a ninguém menos que Beyoncé. Em meio a hits e brincadeiras com o público, o sertanejo atingiu a marca de 750 mil visualizações simultâneas. Quando a americana transmitiu ao vivo a tão comentada apresentação no festival Coachella, em 2018, a live chegou ao pico de 458 mil pessoas assistindo ao mesmo tempo. 

O título, no entanto, não ficou nas mãos do intérprete de “Apelido Carinhoso” por muito tempo. Uma semana depois, foi a vez da dupla Jorge & Mateus realizar apresentação com o YouTube Live. Em quatro horas de espetáculo, os cantores chegaram a acumular 3,1 milhões de acessos simultâneos, o que estabeleceu um novo recorde. 

Recorde este que, novamente, seria quebrado por um artista do segmento. Apenas quatro dias depois, o show de Marília Mendonça realizado pelo YouTube Live reuniu 3,2 milhões de usuários assistindo juntos. Além disso, o vídeo da apresentação recebeu 45 milhões de visualizações em 24 horas; mais do que a performance de Shakira e Jennifer Lopez no SuperBowl deste ano. 

 

YouTube Live: o básico que você precisa saber para transmitir 

Engana-se quem pensa que é necessário muita burocracia para gerar conteúdo pelo YouTube Live. Você precisa, é claro, de um algum dispositivo com câmera; seu smartphone ou notebook podem realizar essa tarefa com sucesso. Outra possibilidade é transmitir a sua área de trabalho, em caso de tutoriais e aulas ao vivo.

No entanto, é necessário cumprir alguns critérios de qualidade para conseguir sua transmissão com o YouTube Live. A página de suporte do Google recomenda que você tenha a versão mais atual dos navegadores Google Chrome, Firefox, MS Edge ou Safari. Sobre sistemas operacionais, o ideal é que você tenha versões a partir do 7, no caso do Windows, e do 10, para Mac OS ou Ubuntu. 

Para monetizar suas lives e outros conteúdos do seu canal, é necessário integrar o Programa de Parcerias do YouTube (YPP). Para fazer parte da iniciativa, é necessário, pelo menos, mil inscritos e mais de 4 mil horas de exibição públicas válidas nos últimos 12 meses. Saiba mais sobre a plataforma NESTE LINK

 

YouTube Live: internet de qualidade é essencial 

Se você tem um conteúdo de qualidade para dividir com seus inscritos, você precisa também de uma internet de excelência para garantir a melhor transmissão de áudio e vídeo. De acordo o suporte do YouTube, para transmitir em 4K, é necessário uma conexão de 20 a 50 Mbps. 

Para isso, conte com a Città Telecom! Oferecemos banda larga em estrutura própria 100% em fibra óptica. Assinando com a gente, você conta com 100% de garantia de banda, alta velocidade de upload e estabilidade de conexão.

Se interessou? Assine já clicando AQUI!

 

Siga a gente! 

Também estamos nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube