O Linkedin divulgou uma lista dos 10 conhecimentos mais requisitados atualmente pelas empresas que utilizam a plataforma para buscar profissionais. Descubra quais são!

Habilidades de trabalho: no mundo globalizado, saber como divulgá-las é quase tão importante quanto tê-las. Ao que tudo indica, a plataforma ideal para reforçar essa divulgação é o Linkedin. 

Fundado em 2003 e com uma base de usuários superior a 500 milhões de pessoas, o Linkedin se tornou o ambiente corporativo virtual mais importante do mundo. Manter um perfil ativo na rede social, hoje, representa uma oportunidade real de conseguir o emprego dos sonhos. De acordo com levantamento realizado pela RiseSmart, 95% dos recrutadores já utilizaram essa ferramenta como primeira opção para encontrar profissionais capacitados.

Mais do que criar um perfil e interagir com frequência, você precisa ser muito específico na hora de publicar suas habilidades e formações. É justamente essa seção que é minuciosamente destrinchada pelos recrutadores. Pensando nisso, o Linkedin divulgou uma lista dos 10 conhecimentos mais requisitados atualmente pelas empresas que utilizam a plataforma para buscar profissionais. Acompanhe! 

+ LinkedIn pessoal: como se destacar na rede profissional?

 

Habilidades mais procuradas no mundo, de acordo com o LinkedIn

Gerenciamento de blockchain: Destacados pelo The World Economic Forum como uma das profissões que mais ganharão importância nos próximos anos, os gerenciadores de blockchain precisam dominar tecnologias associadas a criptomoedas. Segundo a BBC News, blockchain é um livro contábil digital público que registra transações e informações de maneira verificável e permanente.

Computação na nuvem: Também conhecido como Cloud Computing, as nuvens permitem criar uma rede de servidores conectados à Internet. Com isso, você pode armazenar dados, comandos, documentos, softwares e muito mais, dentro de um único espaço virtual. Cada vez mais, as empresas adotam a tecnologia e querem personalização. Por isso, elas buscam por profissionais que dominem expertises relacionadas à arquitetura e design de nuvens. 

Raciocínio analítico: Conhecimento muito associado a pessoas que buscam se sair bem em provas de concurso, o raciocínio analítico defende a ideia de que é preciso destrinchar as pequenas partes de uma questão para, assim, entender o comportamento geral através das condutas mais específicas. Esse tipo de expertise é muito importante para análise de dados que geram insights para melhores decisões de negócio. 

Inteligência artificial: Dizem que a adesão em massa da inteligência artificial pode gerar uma onda gigante de demissões – o que não é necessariamente mentira. Por outro lado, ela também está ajudando a criar uma nova demanda de empregos. Dos chatbots aos protocolos de segurança, as empresas têm apostado na tecnologia para otimizar diversos processos. 

UX Design: Também conhecido como Experiência do usuário, esse tipo de serviço foca em todas as etapas da interação entre um consumidor e um produto. É tudo sobre a experiência, vai muito além do design e do desenvolvimento daquele artefato. O profissional da área precisa garantir que aquela configuração gere satisfação no cliente, principalmente, no que se refere à interação com a empresa. 

Análise comercial: Seja para avaliar o mercado atual ou para sondar novas possibilidades de nicho, a análise comercial é um dos fatores mais importantes para garantir que um produto chegue ao público ideal e, assim, alcance sucesso. Entre as funções mais esperadas por um analistas comercial, está a definição de estratégias para a manutenção do relacionamento com o cliente.  

Marketing: Mudam as formas de compra e consumo, mas o marketing permanece como pilar essencial para o sucesso de qualquer empreitada. De acordo com levantamento realizado pela EXAME em parceria com diversas empresas de recrutamento, os profissionais mais requisitados da área em 2020 são: Analista de Web Analytics, Analista de Database Marketing, Gerente de Trade Marketing, Coordenador de Mídias Sociais e Especialista em E-commerce. 

Vendas: O especialista em vendas pode atuar em diversas etapas do processo de uma empresa, como o planejamento de estratégias e o desenvolvimento de projetos. Ainda segundo o levantamento da EXAME, os profissionais mais requisitados da área em 2020 são: Executivo de vendas, Gerente de contas, Engenheiro de vendas, Gerente nacional de vendas e Analista de Inteligência de Mercado. 

Computação científica: Trata-se de um campo de estudo que oferece soluções para problemas numéricos na área computacional. Por essa razão, a graduação indicada para o profissional desse segmento é em Matemática com alguma especialização em computação. Atualmente, o mercado de trabalho do nicho está voltado para análises estatísticas, modelagem matemática e simulação de sistemas. 

Produção de vídeo: De acordo com a última edição do levantamento Video Viewers, realizado pelo Google, o consumo de vídeo no Brasil saltou 165% nos últimos anos. Seja para se tornar youtuber ou apenas para impulsionar sua marca nas redes sociais, produzir esse tipo de conteúdo otimiza ainda mais uma relação com seu consumidor, o que justifica o aumento da procura pelos profissionais de produção e edição de vídeos. 

 

Siga a gente! 

Também estamos nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube