Novidades no mundo da tecnologia e telecomunicação – Blog Città Telecom

WhatsApp Business: quatro dicas para utilizar da forma correta.

WhatsApp Business: a versão empresarial do aplicativo de mensagens instantâneas que tem se tornado a principal forma de conversação entre cliente e organização. As dificuldades de comunicação estão entre as principais queixas de quem precisa tirar dúvidas ou reclamar sobre um produto e um serviço. Mas os laços estão cada vez mais estreitos graças a esta funcionalidade. 

No começo de 2018, o WhatsApp anunciou o lançamento de uma alternativa do aplicativo voltada para os negócios. O WhatsApp Business tem uma interface exclusiva para empresas, que prioriza uma maior dinâmica de venda e atendimento. A funcionalidade surgiu como a grande aposta do grupo Facebook no mercado de comunicação empresarial. No entanto, foi apenas a formalização de uma realidade. 

Segundo dados da Morning Consult, 4 de 5 empresas já utilizavam o WhatsApp para fins comerciais. As empresas que já utilizam o app de mensagens instantâneas puderam fazer migração para a versão comercial sem perda de mensagens e contatos. Em apenas um ano, o WhatsApp Business atingiu a marca de 5 milhões de empresas ativas no aplicativo. 

Além da comunicação, o aplicativo se tornou uma espécie de cartão de visita de um estabelecimento. Através dele, você pode divulgar local, horário de funcionamento e outras formas de contato. Mas você tem utilizado esse espaço de forma correta? Separamos aqui algumas dicas primordiais para ter um perfil de excelência e um contato primoroso com os clientes através do WhatsApp Business. Acompanhe! 

 

WhatsApp Business: comece com um manual de uso

Como serão feitos os cadastros dos números? Como será a linguagem utilizada? Formal? Informal? Como serão as saudações automáticas? Quais as respostas para as principais dúvidas? 

O contato humano é imprevisível, mas essas e muitas outras questões já podem estar definidas antes. Como os jornais impressos têm os manuais de redação, você deve desenvolver um manual com regras básicas de contato com seus clientes. Essa organização garante não apenas qualidade, mas um padrão no atendimento dentro das normas da sua empresa. A forma com que se conversa com o cliente deve ser um reflexo da missão, da visão e dos valores da sua marca.  

Mas lembre-se: criar um manual de atendimento não significa que ele deva ser completamente frio e engessado. O cliente valoriza o contato humano e, mesmo que ele não faça ideia com quem esteja falando, é importante perceber que não se trata de um robô. 

 

WhatsApp Business: envie conteúdo assertivo

Na hora de distribuir mensagens no WhatsApp Business, pense no valor do conteúdo para aquele público. Se sua empresa tem produtos segmentados para vários públicos específicos, não é de grande valia enviar promoções para o nicho que não se interessa por essa fatia do seu negócio. 

E mensagens demais de empresas podem encher o saco do cliente e afastá-lo do seu negócio. Portanto, use e abuse da ferramenta de lista de transmissão e crie grupos específicos de compradores baseados nas experiências anteriores. 

Por fim, não faça spam! Apenas envie mensagens quando o cliente se cadastrou na sua lista de transmissão e deu autorização para o recebimento de novidades. Além de ser expressamente proibido nos termos de política do WhatsApp Business, o spam exclui qualquer possibilidade de aquele freguês em potencial querer fechar negócio com você. 

 

WhatsApp Business: tenha uma equipe 

Não é porque o “zap” é algo extremamente banal no nosso dia a dia que qualquer pessoa é capaz de realizar o gerenciamento de uma conta comercial. Se você está com condições de aumentar a equipe, contrate alguém especialmente para esta função. O ideal é contar com um funcionário que pense, também, as campanhas do WhatsApp Business.  

Mas se você ainda tem uma empresa de um “homem” só e realiza tudo sozinho, estude profundamente a ferramenta e as diversas possibilidades de comunicação que ele proporciona. Só não subestime o WhatsApp Business! 

 

WhatsApp Business: utilize os dados que o app fornece 

O WhatsApp Business entrega ao empreendedor uma série de medidores de desempenho que te ajudam na hora de mensurar o desempenho do seu negócio. Entre eles, estão a quantidade de clientes que recebem as mensagens, o número de pessoas que leem o que é enviado e a taxa de resposta. 

Essas informações são uma forma de reavaliar o atendimento ao público e ainda criar novas estratégias com base no comportamento da sua clientela. Você pode encontrar estes dados de forma bem fácil, no menu “Configurações” situado ao lado do botão de buscas. 

 

Siga a gente! 

Também estamos nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Aqui estão três curiosidades que você não sabia sobre internet fibra óptica!

Internet fibra óptica: a grande revolução da telecomunicação é responsável por conectar o mundo todo em velocidades cada vez mais impressionantes! Só quem viveu a era da conexão discada há de concordar: baixar arquivos pesados ou assistir a vídeos de alta qualidade sem travar parecia um sonho distante. Mas já é uma realidade graças à tecnologia da fibra óptica. 

Na internet fibra óptica, os dados são transformados em luz e enviados através de cabos feitos com camadas de vidro e revestidos por plástico. Os cabos de fibra óptica são um caminho criado para que a luz envie os dados na mais alta velocidade para um aparelho receptor; geralmente, torres e antenas, que, após conclusão do recebimento dessas informações, retransmitem localmente através de ondas de rádio. 

Cada unidade possui cerca de 36 fios capazes de alcançar uma velocidade de quase quatro mil gigabits por segundo. Tamanha tecnologia resulta em rapidez e qualidade de internet e telefonia muito maiores do que estávamos habituados nos bons (?) tempos de dial-up. Você pode entender mais sobre o funcionamento destes cabeamentos acessando ESTE ARTIGO AQUI

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em 2018, 18,5% das conexões de banda larga no Brasil já utilizavam internet fibra óptica; há 10 anos, este número não chegava a 5%. Para celebrar tamanho crescimento, preparamos um artigo que destaca três fatos super interessantes sobre a internet fibra óptica. O objetivo é apenas um: te convencer a mudar para a melhor conexão. Acompanhe! 

 

Internet fibra óptica não é tão frágil quanto pode parecer

Uma das principais fake news relacionadas à internet fibra óptica se dá pelo fato de os cabos serem feitos com camadas de vidro. Há quem acredite fielmente que isso torna o cabeamento mais suscetível a quebras, mas a realidade é justamente contrária.

Prevenção de danos: se há rachaduras no cabo, a luz para de transitar e a conexão perde a velocidade ou pode até ser interrompida. Por isso, os cabos de fibra óptica foram pensados para serem resistentes a possíveis lesões. 

O vidro leva, na composição, bases de sílica ultrapura, composição química que serve de reforço para que o equipamento esteja suscetível a pesos e variações de temperatura sem que o material seja danificado. 

 

Internet fibra óptica é ecologicamente correta

Se você é uma daquelas pessoas preocupadas com o futuro do planeta e busca diariamente formas de reduzir o seu impacto no meio ambiente, a internet fibra óptica pode ser uma excelente solução. 

Como explicitado acima, a transmissão de dados é feita através do envio de um feixe de luz. Isso representa uma grande economia de energia, já que há redução de envio de sinais elétricos. 

Além da redução do uso de energia, que resulta em uma diminuição da emissão de CO2, os riscos de incêndios devido a curtos ou outros danos físicos são praticamente extintos. 

 

Internet fibra óptica não sofre com interferências externas

Instabilidade por conta de superlotação de acessos ou queda na conexão por conta de chuvas ou ventos fortes? Não conhecemos! 

A internet fibra óptica é blindada contra esses “eventos” inesperados. Isso acontece graças à própria composição do material dos cabos. Os fortes componentes criam uma barreira isolante do ambiente externo e, com isso, os sinais não escapam e também não são influenciados por qualquer fator, mantendo a qualidade e a linearidade da conexão. 

 

Internet fibra óptica é Città Telecom

 

Prazer, somos a Città Telecom! Uma empresa de internet 100% brasileira capaz de conectar você com o mundo. Graças a sabe o quê? Segura esse plot twist: graças à fibra óptica! 

Utilizamos uma rede de fibra óptica com backbone próprio e graças a este sistema, podemos oferecer serviços de internet e telefonia com a mais alta qualidade. 

Por isso, nos colocamos à sua disposição! Solicite a visita de um de nossos Consultores Especializados agora mesmo.

 

Siga a gente! 

Também estamos nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Wi-Fi 6: a nova geração da rede sem fio já é uma realidade!

Wi-Fi 6: a nova geração da rede sem fio já é uma realidade! Que os celulares evoluem e estão recebendo updates frequentemente não é nenhuma novidade. Mas você sabia que isso também acontece com o Wi-Fi? A rede sempre evoluiu de acordo com a demanda e o avanço nas pesquisas na área. Agora, os dispositivos já se preparam para receber o novo sucessor da rede sem fio: o Wi-Fi 6. Nesse artigo, você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre a novidade. Acompanhe!  

 

Wi-Fi 6: entenda a novidade

O mesmo objetivo com muito mais eficácia: essa seria a definição perfeita para o Wi-Fi 6. A sexta geração da rede sem fio, cujo nome “científico” é 802.11ax, nada mais é que a busca por uma conexão ainda melhor dos dispositivos. O novo padrão chega ao mercado para o suceder o 802.11ac (sim, o Wi-Fi 5), protocolado em 2012. 

A oficialização do Wi-Fi 6 veio em setembro deste ano através da Wi-Fi Alliance. Essa empresa é a principal referência em pesquisa e implementação da rede Wireless e é a responsável por desenvolver e padronizar as redes sem fio. Fundada há 20 anos, a corporação também foi a responsável pela chegada da tecnologia de internet sem fio no Brasil. Segundo comunicado publicado pela companhia, o Wi-Fi 6 marca a evolução da conexão sem fio. 

 

Wi-Fi 6: quais as principais vantagens?

A principal vantagem do Wi-Fi 6 é o aumento da velocidade. Com números até quatro vezes superior ao Wi-Fi 5, a nova conexão sem fio pode chegar até a 10,53 Gbps na banda de 5 GHz de frequência. Isso representa também um aumento proporcional de velocidade com mais dispositivos conectados simultaneamente. Vale lembrar que estes números são projeções máximas, o que não quer dizer que vá alcançar estes valores nos dispositivos que entram em nossas casas. 

Como mencionamos acima, o Wi-Fi 6 oferece maior velocidade proporcional para os aparelhos ligados à rede, o que nos leva à segunda vantagem: o aumento de dispositivos conectados. A sexta geração foi pensada para abrigar ainda mais equipamentos, afinal, há tempos que a relação aparelhos x moradores de uma casa deixou de ser proporcional. A expectativa é que a nova rede sem fio acumule até oito dispositivos online simultaneamente sem perder a velocidade. Isso será possível graças à MU-MIMO, um sistema que permite maior taxa de transmissão de dados. 

O Wi-Fi 6 também recebeu muitos reforços em questão de segurança. O principal deles é a criptografia WPA3. Lançado no ano passado, o protocolo oferece maior proteção de dados em redes públicas, reforça o handshake processo de “reconhecimento” entre duas máquinas e dificulta a ação de ataques de hackers. A medida é uma resposta da Wi-Fi Alliance às recentes invasões globais a roteadores

Por fim, o Wi-Fi 6 busca economizar a sua energia. Essa funcionalidade é fruto do recurso Target Wake Time (TWT). Funciona quase como um “despertador” de envio de dados. Ela permitirá que o roteador programe um horário para verificar os status dos dispositivos. Caso o aparelho se encontre inativo, o sinal de Wi-Fi será reduzido, o que diminuirá o gasto da sua bateria e ainda poupará a rede. 

 

Wi-Fi 6: já está à disposição? 

Apesar de a protocolização ter sido recente, já existem no mercado alguns dispositivos que oferecem o Wi-Fi 6. Para que o aparelho receba esta tecnologia, há determinados hardwares que precisam ser implementados na fabricação dos produtos. Ainda não se tem informações oficiais dos roteadores que já adotaram a nova geração, mas especula-se que os modelos mais recentes trarão a novidade. Já nos smartphones, o Galaxy S10, da Samsung, e os novos iPhones, da Apple, já estão equiparados para a nova geração de rede sem fio. 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Como qualquer coisa que faz parte do nosso dia a dia, existem muitos mitos e suposições acerca do Wi-Fi. São, justamente, com essas informações tão passadas para frente que devemos ter atenção.

Wi-Fi: você acha que entende tudo sobre o tema? Já ouviu dizer que de churrasqueiro e técnico de futebol, todo brasileiro tem um pouco? Mas quando se trata se colocar o roteador para funcionar na melhor velocidade, ele se torna um pouquinho especialista em informática também. No entanto, é preciso ter bastante atenção quando se trata destes aparelhinhos. 

Como qualquer coisa que faz parte do nosso dia a dia, existem muitos mitos e suposições acerca do Wi-Fi. São, justamente, com essas informações tão passadas para frente que devemos ter atenção. Um pequeno erro de configuração pode comprometer a velocidade da sua internet. Escolhemos alguns dos mitos mais comuns a respeito do Wi-Fi para ajudar a desmentir algumas mentiras. Você já deve ter escutado alguns deles. Acompanhe! 

 

“Ficar do lado do roteador é melhor”

Dizem que você precisa se posicionar do lado do aparelho para que sua conexão funcione com excelência. Mas já pensou que tudo é uma questão de como você posiciona o seu roteador? 

O mais indicado é que você abrigue a aparelhagem em um local bem alto. Tudo porque as ondas de rádio são lançadas para frente e descem logo em seguida. Por essa mesma razão deve-se deixar sempre as antenas retas para cima. Do ponto mais alto, você garante que o sinal cubra toda a casa sem grandes obstáculos e sem precisar ficar prostrado ao lado do aparelho.  

 

“É vantagem ter mais de um roteador para cobrir toda a casa” 

Primeiramente, se seu roteador está falhando em fazer isso, você precisa analisar se não é um problemática causada pela questão explicitada acima: má posição. Se sua casa é bem grande e isso não resolveu, busque um repetidor de sinal. Trata-se de um aparelho que, como o nome sugere, duplica o sinal do seu aparelho para abranger uma maior cobertura. Em média, custa menos que um roteador novo

Além disso, colocar dois aparelhos roteadores está longe de ser uma vantagem. Eles podem utilizar os mesmos canais para transmitir o sinal, sobrecarregando a velocidade da sua internet. 

 

“O teste online apontou que não estou recebendo toda a internet contratada. Vou ter que trocar de roteador!” 

Antes de mais nada, cheque a procedência desses portais. Nem todos são confiáveis!  Primeiramente, esses dados não são de interferência direta do seu roteador e, sim, do provedor de internet. Portanto, vale atestar diversos fatores. O clima é um deles. Em dias de chuva ou ventos fortes, aumentam as chances de sua internet ficar instável. Em horários de pico, onde o tráfego é disputado por muita gente, a velocidade também pode sofrer quedas.

No entanto, os valores de taxa máxima de velocidade de conexão estipulados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permitem com que as operadoras performem um pouco abaixo do esperado. São 80% da taxa de transmissão média e 40% da taxa de transmissão instantânea. Abaixo disso, reclame com seu provedor! 

Se você procura por um provedor de internet estável, de alta velocidade e que se comprometa a entregar toda a velocidade contratada, saiba que esse provedor existe sim

 

“Não pode deixar aparelhos eletrônicos perto do roteador”

Parece mito, mas esse sim é verdadeiro! Aparelhos que também utilizam ondas de rádio prejudicam o funcionamento do seu aparelho. Isso acontece porque eles podem utilizar a mesma frequência para se comunicar, o que resulta em interferências. 

Um dos maiores vilões do roteador é o telefone sem fio, justamente por também utilizar os mesmos canais de comunicação radiofônicos. Mas ele carrega esse fardo por um erro humano mesmo. Muitas pessoas têm o costume de colocar o roteador e o aparelho em uma mesma cômoda. Se você é um desses, esperamos que até aqui você já tenha aplicado a primeira dica! 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Se você não o conhece TikTok, é sinal de que já pertence a uma geração com algumas dezenas de anos de idade.

TikTok: o aplicativo de vídeos que é a nova febre mundial entre o público jovem. Você certamente já ouviu alguém dizendo que se confirmar que conhece determinada coisas vai entregar a própria idade, não é mesmo? Mas nesse caso, é exatamente o oposto. Se você não o conhece TikTok, é sinal de que já pertence a uma geração com algumas dezenas de anos de idade. 

TikTok é um aplicativo videomaker, onde você pode produzir, gravar e montar vídeos curtos de, no máximo, 60 segundos. Com uma interface simples e fácil de ser manuseado, ele ainda permite que o usuário adicione efeitos e trilhas sonoras. O app rende diversas mini esquetes hilárias, transformando a ferramenta em uma das maiores produtoras de virais da atualidade.  

 

TikTok: saiba mais 

Disponível para iPhones e aparelhos com sistema Android, o TikTok funciona como uma rede social. Os usuários disponibilizam as produções nos próprios perfis, onde outras pessoas podem seguir, curtir e comentar sobre os conteúdos. Justamente, por esse formato de social, que produz conteúdo pra si mesma, que os vídeos do TikTok pouco aparecem em outras redes, como Facebook e Instagram. 

O aplicativo foi lançado em setembro de 2016, pela ByteDance, uma empresa chinesa de tecnologia. No país de origem, a funcionalidade é conhecida como Douyin. Propagada internacionalmente um ano depois sob a alcunha de TikTok, o app já foi baixado mais de 800 milhões de vezes ao redor do mundo. A expectativa é que o número seja ainda maior, já que a empresa responsável pelos dados (Sensor Tower) não considerou os usuários de Android da China, cuja população ultrapassa 1,3 bilhões de pessoas. 

A grande virada de popularidade do TikTok ocorreu no ano passado, quando a ByteDance comprou o já popular aplicativo Musical.ly e fundiu com o produto da empresa. Estima-se que a compra tenha custado U$S 800 milhões de dólares. O extinto app, que mantinha sede em Xangai, na China, possuía a mesma proposta de criação de vídeos rápidos.   

 

TikTok em dados e fatos

Se você não fazia ideia do que se tratava o TikTok, esses dados, com certeza, vão te impressionar. No primeiro trimestre de 2019, o aplicativo figurou em terceiro lugar na lista dos mais baixados mundialmente pelo Google Play, ultrapassando Facebook e Instagram. Com 150 milhões de downloads, o app chinês perdeu apenas para WhatsApp e Messenger. Em outubro de 2018, o número de usuários do aplicativo de vídeos superou o das redes sociais de Mark Zuckerberg nos Estados Unidos.  

Além de revelar as próprias estrelas, celebridades famosas do Instagram tem percebido a força do TikTok e estão, sutilmente, realizando uma migração. Foi o caso de Kylie Jenner, dona de 149 milhões de seguidores e detentora do título de foto mais curtida da rede social ― até que o recorde foi quebrado por um ovo. 

Um vídeo em que ela canta para a filha foi editado e postado no TikTok. Em uma semana, se tornou a primeira produção do aplicativo a atingir 1 bilhão de visualizações. A caçula do clã Kardashian jura que o meme foi espontâneo e que ela não foi responsável pelo viral. No entanto, menos de uma semana depois, produtos com as frases do vídeo já estavam sendo vendidos na loja da socialite. 

Outra estrela mundial que viu o trabalho ser alavancado graças ao TikTok foi a Mariah Carey. Uma usuária do aplicativo publicou um vídeo dançando a música “Obsessed” de forma, digamos, bem peculiar. O conteúdo viralizou e levou a música, lançada em 2009, a atingir um crescimento de 300% no YouTube. A cantora americana entrou na brincadeira, postou vídeos em que imita a menina e chegou até a criar uma conta oficial no aplicativo. 

 

TikTok: pode funcionar para o meu negócio?

Como toda novidade que chega e impacta tão fortemente a cultura, os empresários já começam a pensar formas de agregar isso aos seus negócios. Mas o fato é que o TikTok ainda é extremamente segmentado. A expectativa é que o aplicativo demore a atingir um público mais adulto, como foi com o Instagram, que só registrou aumentos significativos de usuários mais velhos em 2017, quase 6 anos após a compra pelo Facebook. 

Dados oficiais apontam que o público entre 16 e 24 anos representa 41% dos usuários. No entanto, estima-se que o grande forte do TikTok sejam crianças entre 12 e 15 anos. Portanto, se o seu negócio não atinge um público bem jovem, ainda é muito cedo para pensar o TikTok estrategicamente. 

Discute-se que o crescimento desse aplicativo seja exatamente uma fuga de redes como Facebook e Instagram, que já são fortemente utilizados pelo público mais velho; leia-se os pais dessas pessoas, que têm acesso a informações que nem sempre esses filhos gostam de compartilhar.  

Podemos considerar que as principais concorrentes do TikTok são o Instagram Stories e o Snapchat. Enquanto o primeiro atingiu a marca de 500 milhões de usuários ativos diariamente, o segundo ainda enfrenta uma crise causada pela funcionalidade criada (ou seria copiada?) pela rede de Zuckerberg. 

Ainda é muito cedo para afirmar que o app tornará obsoleta a função do Instagram, mas é fato que ele representa uma alternativa em uma era em que Facebook e as redes irmãs perdem credibilidade, especialmente nos Estados Unidos, centro de um escândalo de vazamento de dados. 

 

Città Telecom

Estamos no Linkedin e também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Em semana de Dia das Crianças, preparamos um artigo com dicas primordiais e reflexões para auxiliar você, papai e mamãe, no trato das atividades online dos seus filhos.

Crianças online: toda cautela é pouca para proteger os pequenos dos perigos da internet. As pipas deram lugar ao smartphone. O pique-pega deu lugar ao Free Fire. A apresentadora loira deu lugar ao youtuber. As crianças estão cada vez mais antenadas e os celulares passam a fazer parte da rotina delas cada vez mais cedo. 

Segundo dados da pesquisa TIC Kids Online Brasil 2018, publicada no último mês, 24,3 milhões de jovens entre 9 e 17 anos estão conectadas à internet. O número representa 86% da população dessa idade. Esse percentual supera a média geral de pessoas conectadas no país, que beira a casa dos 60%. 

Tamanha presença online ajudou a criar um mercado para atender a demanda kids, mas também despertou a atenção de muita gente mal intencionada. Recentemente, golpistas utilizaram imagens da Turma da Mônica para roubar dados de cartão de crédito de pais. Nesse ano, a assustadora boneca Momo reapareceu para assustar crianças. 

Em semana de Dia das Crianças, preparamos um artigo com dicas primordiais e reflexões para auxiliar você, papai e mamãe, no trato das atividades online dos seus filhos. Afinal, mesmo com toda a informação do mundo à disposição deles, os pais são a principal referência de sabedoria e respeito! 

 

Crianças online: algumas dicas e ferramentas

Primeiramente, respeite os limites de idade das redes sociais. As mais famosas, Facebook, Instagram e Twitter, publicam em seus termos de uso que não aceitam usuários menores de 13 anos. Portanto, se seu filho ainda não atingiu essa idade, não permita que ele crie contas nessas redes. Outro queridinho das crianças, o YouTube, tem uma plataforma específica para elas. No YouTube Kids, elas acessam a conteúdos filtrados especialmente para a idade e os pais encontram recursos de controle.

O mais indicado é instalar filtradores de conteúdo online. Eles priorizam publicações permitidas para o público infantil em sites de busca, bloqueiam conteúdos pornográficos, gerenciam acessos e controlam o tempo de uso. As versões premium destas funcionalidades ainda notificam os pais em casos de movimentações suspeitas na conta do filho. 

Entre os aplicativos mais indicados, estão o K9 Web Protection, o Norton Family e MetaCert. Como característica comum, os três ajudam a bloquear páginas indevidas. O Google e o Android também oferecem auxílio para proteção das crianças. No Chrome, a opção “SafeSearch”, presente nas configurações de pesquisa, filtra conteúdo impróprio. Nos smartphones que contam com PlayStore, basta buscar por “Controle dos pais” nas configurações e determinar a classificação etária dos aplicativos que aparecerão nas buscas da loja.  

 

Crianças online: como você pode proteger seus filhos?

Quanto tempo você tem dedicado para conversar com seu filho? Ou você sempre se aproveita do fato de que ele está entretido no celular para realizar suas tarefas? No tópico anterior, listamos ferramentas que protegem crianças, mas o diálogo é o aparato mais importante. São os pais que precisam explicitar as noções de certo e errado para que ele já utilize esses exemplos na rotina virtual. 

Primeiramente, é importante determinar horários específicos para uso de smartphones. Se nós, adultos formados, perdemos horas em frente àquelas telas, imagina eles que têm pouquíssima noção de limite? Determinar hora para utilizar celular permite que seu filho não se afaste de outras tarefas, principalmente, dos deveres escolares e da convivência real com os amigos. 

Segundo uma pesquisa do CyberHandbook, 80% dos pais não sabem o que os filhos acessam na internet. O recomendado é que os pais tenham acesso total ao que os filhos fazem na internet até os 12 anos de idade. Cheque o histórico de navegação, as buscas do YouTube, as mensagens de redes sociais e as pastas de download frequentemente. Utilize as movimentações suspeitas e perigosas que você encontrar não apenas para puni-lo, mas, também para educá-lo. 

Não é uma violação de privacidade, é apenas uma garantia de que ele está acessando conteúdo nocivo ou sendo ludibriado. A idade limite para o total controle é justamente o início da pré-adolescência, quando a criança começa a desenvolver a própria personalidade e já consegue desenvolver certas espertezas. Mas, claro, não é um padrão: tudo depende da maturidade que seu filho apresenta e do grau de confiança que você tem nele quando se trata do mundo virtual.  

Por fim, também busque se educar sobre noções básicas de internet para ajudar seu filho. Por exemplo, ensine-o a detectar mensagens mal intencionadas, links com potencial de vírus e golpes virtuais. O celular possui um mundo de possibilidades boas e ruins. Não entregue isto na mão de uma criança sem orientá-la!  

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Para resolução das problemáticas mais urgentes, a produção do seu evento precisa de um servidor que facilite a comunicação interna e possibilite um acesso rápido a páginas na internet.

Wi-Fi para eventos: um investimento primordial para o bom funcionamento do seu espetáculo. Atualmente, as maiores pendências do nosso dia a dia são resolvidas online. Seja por mensagens instantâneas ou por preenchimento de formulários, uma internet de baixa velocidade pode empatar suas demandas e atrasar as tarefas mais importantes. Se já atrapalha em situações que podem ser resolvidas a longo prazo, imagina nas que precisam de respostas rápidas! 

Por isso, na hora de organizar um evento de grande porte, uma boa estrutura de Wi-Fi precisa estar no topo da sua lista de prioridades. Para resolução das problemáticas mais urgentes, a produção do seu espetáculo precisa de um servidor que facilite a comunicação interna e possibilite um acesso rápido a páginas na internet. 

 

Wi-Fi para eventos: contrate um bom servidor! 

A principal vantagem de contratar um servidor para prover Wi-Fi para eventos é o controle do tráfego da rede. Graças a algumas restrições da utilização de banda, usuários são impedidos de acessar conteúdos indevidos ou que consumam parte considerável da banda, como vídeos pornográficos, conteúdo de apologia ao ódio e jogos pesados de carregar.  

Outro benefício desse controle de banda nos pontos de Wi-Fi para eventos está relacionado à segurança. Uma rede disponível para centenas de usuários pode estar propícia a ataques de hackers e roubo de dados. A contratação de um servidor experiente garante a segurança da rede e a privacidade das informações que circulam nos dispositivos conectados a este Wi-Fi. 

Por último, mas, definitivamente, não menos importante: velocidade! O dia do acontecimento é uma total correria, que exige que as soluções sejam entregues rapidamente. Por essa razão, a contratação de um servidor renomado é a garantia de que você vai contar com uma internet rápida e estável. Uma conexão ruim pode tardar as resoluções e atrasar o início do evento!

A solução mais eficaz de Wi-Fi para eventos é contratar uma empresa que forneça serviços de Link Dedicado. Trata-se de uma conexão de internet única e exclusivamente dedicada ao contratante. Você não precisa compartilhar os dados da sua navegação com mais ninguém e a conexão está restrita única e exclusivamente ao local em que foi instalada.

Apenas uma rede com Link Dedicado oferece todos os benefícios citados acima e ainda garante 100% da entrega completa do pacote contratado. Este fator não é obrigatório quando se trata das bandas largas tradicionais, que podem ofertar apenas 40% do acordado. Para entender mais sobre o assunto, você pode LER ESTE ARTIGO

 

Wi-Fi para eventos: banda e custos

O tamanho ideal de banda a ser contratado quando se trata de Wi-Fi para eventos varia de acordo com a quantidade de dispositivos que se conectarão à rede no grande dia. Mesmo que existam sugestões de cálculo que entreguem uma noção precisa, o principal segredo é contratar bem além do esperado. 

Considere que as pessoas envolvidas em produção de eventos carregam, pelo menos, um celular e um notebook. Portanto, se existem 200 profissionais que trabalham no backstage, são bem grandes as chances de terem pelo menos 400 dispositivos conectados ao Wi-Fi. Em caso de eventos corporativos ou com públicos restritos, vale a pena estender um pouco o limite de conexão para abranger os participantes. Portanto, não subestime a contratação da banda levando em conta apenas uma relação proporcional entre números de pessoas e quantidade de dispositivos. 

Estima-se que uma conexão de 50MB atenda cerca de 100 dispositivos de forma digna. Portanto, o evento exemplificado demandaria de uma rede mínima de 200MB para entregar qualidade de conexão à produção. Vale reforçar que estes exemplos são dados estimados! Na hora de contratar, consulte os profissionais de tecnologia da informação do servidor!   

Os custos dessa infraestrutura são mais elevados que os de internet tradicional. Além de atender um número maior de pessoas e de área, esse atendimento é personalizado. Por isso, ele pode variar de acordo com a duração do evento, a tecnologia necessária e a quantidade de usuários atendidos. No entanto, não encare isso como mais um gasto. É um dos investimentos mais importantes para o sucesso de um evento! 

 

Wi-Fi para eventos: conheça a Città Telecom

Prazer, nós somos a Città Telecom! Somos uma empresa brasileira de telecomunicações e buscamos conectar o Brasil e o mundo através de tecnologia de ponta. Utilizamos tecnologia 100% fibra ótica e temos tudo que você precisa para o sucesso do seu espetáculo! 

A Città Fibra é perfeita para manter seu evento sempre conectado com ultravelocidade e personalizada para sua necessidade. Nos nossos pacotes, você encontra upload e download com banda simétrica 100% garantida, infraestrutura própria, redundância, IPs fixos e acompanhamento fulltime para seu evento. 

Já atendemos grandes eventos na cidade do Rio de Janeiro, como eventos esportivos (Salão Moto Brasil) e festivais (Festeja, Villa Mix e Arraiá do Retiro dos Artistas). Agora, queremos atender o seu! Para mais informações, CLIQUE AQUI! Estamos esperando o seu contato! 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Os fabricantes de smartphones já se preparam para uma revolução que trará grande impacto nas telecomunicações: o eSIM.

eSIM: os chips tradicionais de celulares estão prestes a se tornarem obsoletos.

– Olha o chip, tem de todas as operadoras! 

Qualquer pessoa que já passeou pelo centro de uma cidade pela tarde já ouviu gritos como esse sendo entoados. Os chips são a principal conexão entre nosso aparelho e a operadora. Graças a eles, conseguimos realizar ligações, receber mensagens e, mais atualmente, nos conectar à internet. 

Como todo aparato tecnológico, o chip também sofreu evoluções ao longo do tempo até chegar na geração mais popular atualmente. As mudanças mais notáveis eram relacionadas ao tamanho do cartão. Mas, agora, os fabricantes de smartphones já se preparam para uma revolução que trará grande impacto nas telecomunicações: o eSIM. 

 

eSIM: entenda o funcionamento

O eSIM é uma espécie de chip virtual, que pretende dar fim aos cartões removíveis inseridos em nossos aparelhos. Apesar de realizar todas as principais funções do cartão SIM, a diferença está na fabricação. O “e” representa embuted (embutido, em inglês), ou seja, trata-se de um chip embutido diretamente na placa-mãe durante a fabricação do smartphone. 

O principal objetivo da revolução eSIM é otimizar o espaço nos smartphones. A cada geração de celulares, as empresas investem em novas tecnologias e buscam agregar novos equipamentos aos aparelhos. A mudança visa reaproveitar o local disponibilizado na inserção do chip para outras funcionalidades. Além disso, o tamanho do cartão SIM dificultava a conexão de dispositivos menores, como os relógios inteligentes. 

As principais vantagens do SIM tradicional não serão afetadas. Caso você queira trocar de operadora, com o eSIM, isso será possível graças à tecnologia Remote Provisioning. O usuário também terá a possibilidade de cadastrar duas opções de empresas de telefonia. E tudo isso sem precisar trocar o chip ou comprar dois cartões. 

 

eSIM: as vantagens e desvantagens

A segurança é a principal vantagem do eSIM e o principal diferencial em relação ao SIM tradicional. A nova geração utilizará criptografia específica para cada número, o que protege seus dados de invasões de hackers. Isso será possível graças a um modelo de criptografia conhecido como Mobile Network Operation. Você pode entender mais sobre mensagens criptografadas LENDO ESTE ARTIGO

Além disso, o processo de troca de chip é mais complexo que apenas retirar o cartão e colocar outro. Como a operação é toda feita virtualmente, ela é realizada com diversas etapas de verificação necessárias para confirmar que não se trata de um caso de perda ou roubo. 

Entre as outras vantagens do eSIM, já mencionamos a possibilidade de conexão em dispositivos menores e a facilidade em utilizar mais de uma operadora. Podemos destacar, também, o fim das falhas no cartão físico. Seu sinal não corre mais risco de ficar prejudicado por chips quebrados ou mal colocados. A expectativa é que o processo de portabilidade entre as operadoras e os cancelamentos sejam mais fáceis. 

A principal desvantagem é a extinção de algumas praticidades que o cartão SIM oferecia. Por exemplo, se você ficasse sem bateria e tivesse um aparelho carregado à disposição, bastava inserir o cartão para continuar se comunicando. A outra desvantagem, no entanto, é provisória: a falta de suporte. Ainda são poucos as operadoras e aparelhos que oferecem eSIM. Por enquanto, apenas os modelos mais modernos do iPhone contém a novidade. A tendência é que os próximos lançamentos da Samsung já estejam migrados para a nova geração de chips.  

 

eSIM: como adquirir?

Algumas operadoras no Brasil já disponibilizam a compra de um chip virtual, o e-Chip. Ele pode ser utilizado para um número novo, mas, também, serve para substituir seu cartão físico. Após adquirir, será liberado acesso a uma página restrita, onde o usuário realizará o cadastro e todos os passos da ativação. O processo pode ser feito virtualmente, sem obrigatoriedade de visita uma loja física. A partir do momento em que o eSIM passa a funcionar, seu cartão SIM é invalidado automaticamente. 

Vale reforçar que, apesar de este ser o padrão, os processos de compra e migração do eSIM podem variar de acordo com a operadora, o aparelho e o sistema operacional. Portanto, em caso de dúvidas, não deixe de consultar antes sua empresa de telefonia! 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

O Ataque DDoS é a ação de diversos computadores e servidores atingem um servidor específico, deixando-o sobrecarregado e podendo ocasionar uma saída do ar.

Ataques DDoS: uma ação comum, porém, ainda pouco discutida. Você certamente já passou por uma situação parecida: tentou acessar um site, mas o carregamento demorou mais do que o usual. Você desliga e liga o seu modem achando que é o problema está na internet, mas nada muda. As chances de este portal está sofrendo um ataque DDoS são muito grandes! 

O DDoS é a sigla para Distributed Denial of Service. Em tradução livre, significa Negação Distribuída de Serviço. Ele surge como uma variação do DoS (Denial of Service/Negação de Serviço), que é um ataque que advém de um único lugar, podendo ser um hacker, um computador ou um servidor. 

A principal diferença entre os dois atentados é que o DDoS é realizado sob a ação de mais de um atacante. É como se fosse um conjunto de ataques DoS realizados em direção ao mesmo alvo. Diversos computadores e servidores atingem um servidor específico, deixando-o sobrecarregado e podendo ocasionar uma saída do ar. 

 

Ataques DDoS: como funcionam

Os ataques DDoS têm como único objetivo sobrecarregar um servidor até que ele saia do ar. Ele não visa danificar arquivos ou roubar dados, apenas deixar um endereço indisponível para acesso. Geralmente, ele age sob o controle de uma única pessoa, que comanda uma série de computadores infectados que pertencem a uma rede de ataques. 

Os ataques DDoS acontecem de forma relativamente simples: acessando massivamente o site do alvo. Mesmo com poucas máquinas, eles conseguem realizar a ação graças a criação de solicitações falsas de acesso. Com isso, os portais recebem mais visitas que o esperado. Os servidores não estão preparados para a sobrecarga e acabam caindo. Este é o ataque DDoS mais comum, o Flood, verbo que, em inglês, significa inundar. 

Apesar de não envolver roubo ou adulteração de conteúdo, as consequências dos ataques DDoS são igualmente prejudiciais. Se você trabalha com e-commerce, essa ação resulta em um dia perdido de vendas. Se o seu negócio for um portal de conteúdo, você pode perder público e credibilidade para com os anunciantes. 

Em fevereiro de 2018, o GitHub foi vítima de um arapuca considerada o maior ataque DDoS da história da internet. A plataforma de hospedagem de códigos-fonte sofreu sobrecarga de acessos, que resultou em tráfego de até 135 terabits por segundo; mais de 10 vezes mais que o ataque DDoS que detinha o recorde anteriormente. 

 

Ataques DDoS: como se proteger

A prevenção de ataques DDoS exige um longo estudo e investimento financeiro. Afinal, como explicitamos acima, eles atingem cada tipo de portal de maneira específica. Para começar, aumente a largura da sua banda. Com uma maior possibilidade transferência de dados, diminuem as chances de seu site sair do ar por sobrecarga. 

Outro investimento necessário é um Firewall. Para quem não sabe, trata-se de um dispositivo de segurança que analisa o tráfego de rede. Ele determina quais trocas de dados deverão ser realizadas, funcionando como uma espécie de gerenciador de acessos a um site. Com esse software, visitas volumosas consideradas suspeitas poderão ser bloqueadas. 

Uma estratégia que, para os navegantes, pode ser incômoda é um grande aliado na prevenção de ataques DDoS: os reCAPTCHA. São os insistentes códigos ou pedidos de identificação de pontes e semáforos que separam os usuários dos bots. Por fim, invista em diversos servidores, de modo a alocar cada uma das diferentes sessões do seu site a um servidor. 

 

Ataques DDoS: Città Telecom e UPX Technologies unem forças 

A Città Telecom acaba de firmar uma parceria com a UPX Technologies, uma empresa especializada em segurança digital, que é referência no combate a diversas calamidades virtuais. A união resultará em revenda dos produtos e soluções para os ataques DDoS. 

Nós que fazemos a Città Telecom reforçamos nosso compromisso com o bem estar virtual dos nossos clientes, funcionários e parceiros. Para além de oferecer internet veloz e de qualidade, queremos colaborar com um ambiente online saudável, longe de ataques e usuários mal intencionados. 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube

Será que o protocolo HTTPS está tão associado à nossa segurança quanto pensamos?

HTTPS: será que este protocolo está tão associado à nossa segurança quanto pensamos? O HTTP sempre foi a nomenclatura mais popular quando se trata de endereços eletrônicos. Porém, quando acessamos a um site, já reparou que, na maioria das vezes, ele agora vem acompanhado de uma letra ‘S’ no final? 

HTTPS é um sigla para Hyper Text Transfer Protocol Secure. Quando presente em um link, este protocolo garante que o seu dispositivo está se comunicando com o servidor que abriga aquele site de forma criptografada. Quando conectados, seu computador ou celular está apto a enviar e receber os mais diversos conteúdos textuais. 

 

HTTPS: saiba mais

O protocolo HTTPS foi inventado em 1994 pela Netscape Communciations, a grande fundadora do navegador homônimo. A criação surge apenas dois anos depois da fundação da World Wide Web (WWW), que viabilizou o acesso à internet. O objetivo da empresa foi criar uma atmosfera segura, com dados criptografados, para a realização de compras online.  

A principal diferença entre o HTTP e o HTTPS é a criptografia. Foi esta ausência que tornou o primeiro obsoleto, já que facilita a ação de hackers. A criptografia é o processo de codificar uma mensagem para impedir que qualquer outro indivíduo ou sistema que não seja o destinatário tenha acesso àquele conteúdo. Você pode saber mais sobre este assunto clicando  NESTE ARTIGO

Ao acessar um site com o protocolo HTTPS, a mensagem trocada do usuário para o site é criptografada com uma chave pública, que apenas o servidor do endereço eletrônico tem acesso a decodificar. É como se você estivesse conversando com um melhor amigo em uma língua que só vocês entendem.   

O HTTPS tem como principal meta aumentar a segurança dos dados trocados entre o servidor e o usuário. É como se a criptografia fosse uma “cama” de proteção entre o internauta e o site. Por isso, esse novo protocolo se faz tão importante, especialmente, para portais que precisamos informar dados pessoais. 

 

HTTPS: os mitos

O HTTPS, acompanhados da chavinha verde, dão aos usuários uma sensação de completa segurança. No entanto, essa noção é um pouco distorcida. Como explicado acima, ele garante que a informação esteja privada entre o usuário e o servidor do site. Mas se você estiver acessando uma página feita com intenção de roubar seus dados, não será este protocolo que irá te socorrer. 

Segundo dados do PSafe, uma desenvolvedora de softwares para proteção virtual, mais de 105 mil golpes aconteceram em portais que utilizavam HTTPS só em 2018. O número é 256% maior em comparação ao ano anterior. Este tipo de situação, no entanto, não serve para descredibilizar o protocolo. Afinal, a promessa dele é garantir que a conexão entre ambas as partes seja segura. Ele não é uma garantia que o site seja bem intencionado. 

Para garantir uma navegação segura de verdade, o cuidado também precisa partir do usuário. Atualmente, os casos de phishing têm sido cada vez mais recorrentes. É uma prática virtual criminosa, onde hackers recriam sites ou links para roubar dados pessoais sem levantar grandes suspeitas. NESTE ARTIGO, você confere mais informações sobre o golpe e ainda confere algumas dicas de como se proteger. 

 

Città Telecom

Estamos também nas redes sociais! Para ficar por dentro dos nossos conteúdos e dos nossos serviços, siga-nos!

Facebook | Instagram | Twitter | Linkedin | YouTube